Postagens populares

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Aviation - Avião estacionado no aeroporto de Cumbica, em SP, pega fogo



SÃO PAULO - Um avião da empresa Fly, que está estacionado em uma área restrita do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, pegou fogo por volta das 15h30m desta terça-feira, segundo informou a Infraero. A aeronave, que está em processo de disputa judicial, não estava sendo utilizada.
A área onde se encontra o avião que pegou fogo está localizada perto das pistas do aeroporto, mas não houve qualquer interrupção nas operações de pouso e decolagem, segundo a Infraero. Outros cinco aparelhos (um da Fly e quatro da Vasp) estão no local. A Infraero não soube informar o que provocou o incêndio no avião e não há informações de feridos. As equipes dos bombeiros do aeroporto foram acionadas para combater as chamas.
Fonte: O Globo

Meu comentário: O destino dos aviões ás vezes se parece com o das pessoas, vejam bem, esta aeronave que agora vira cinzas, solitária, desprezada por todos, nem teve na reportagem citada que modelo era,  nem nada, que injustiça!. Trata-se do B-727-200 que em seus melhores dias transportava milhares de passageiros de norte a sul do país com tarifas baixíssinas, que permitia até as classe menos privilegiadas voar. Vejam abaixo um video que mostra o "200" como o pessoal da aviação chama esta linda máquina, em seus melhores dias,



Algumas informações adicionais

O Boeing 727 é uma aeronave americana, narrow-body, Trijato, com cauda em "T", para a aviação civil comercial. O primeiro Boeing 727 voou em 1963 e por mais de uma década foi o jato comercial mais produzido no mundo. Quando a produção se encerrou em 1984, um total de 1.831 aeronaves haviam sido produzidas. O recorde de vendas do 727 como jato comercial mais vendido do mundo, foi quebrado no começo dos anos 90 por seu irmão mais novo, o Boeing 737.

O 727 foi produzido seguindo o sucesso do quadrijato Boeing 707. Projetado para rotas de curta distância, o 727 se tornou o principal apoio para rotas comerciais das empresas aéreas. Uma versão alongada, o 727-200, foi lançado em 1967. Em Agosto de 2008, havia um total de 81 Boeing 727-100 e 419 727-200 ainda em operação.

Houve vários acidentes com o Boeing 727, sendo que dois deles no Brasil. O Voo VASP 168 foi um acidente aéreo que aconteceu em 8 de junho de 1982, quando um Boeing 727 com destino a Fortaleza se chocou contra a Serra da Aratanha, próximo de Pacatuba, Ceará. Todos os 137 passageiros morreram na colisão, sendo esse o quarto maior acidente aéreo da história da aviação brasileira.


Abaixo outro clássico abandonado no Aeroporto Pinto Martins
Filmagem e edição por Alberto Studart , deste Blog

Um comentário:

Oseas victor Silveira de olievira disse...

essas aeronaves tem diversos aparelho que utilizam bateria para armazenar informações, e simplesmente abandonados pode ocasionar este incidente.
Eu mesmo já troquei uma bateria de VADR que estava em curto gerou algumas chamas.
São baterias mais potente que o normal, aparentemente igual a uma pilha comum mais com tensões de ate 6V e composição química mais forte.